eu entendo a vera fischer

8.12.07


"DESCONTROLE. 'Certas vezes eu ficava com tanta raiva que tremia e mordia a pia do banheiro... É bem verdade que nunca aceitei ordens, fazia o que me dava na telha. Mas com 2 anos era difícil. Eu era muito nervosa. Na hora de dormir, minha babá me dava uns comprimidos chamados Luminaletas, receitados pelo médico.'"

não, esse singelo depoimento de uma infância não é da von richtofen. é da vera fischer, um trechinho da autobiografia.

ok, boletas aos dois anos culminaram numa cara que nem a dessa foto aí do lado e explicam MUITA coisa da musa.

a silvinha fez uma bela matéria pro caderno vida (não consegui achar no zerohora.com) desse sábado, que mostra que os pais andam com uma preguiça danado dos filhos. a ritalina, remedinho tarja preta pro déficit de atenção, virou a balinha mágica que faz o filhinho estudar, ficar comportado, concentrado, em suma, um geninho. tem um filiminho massa (copyright 1990) chamado thumbsucker, em que o guri é mega dda, toma ritalina, vira um gênio da matemática, larga os comprimidinhos e... vale a pena ver.


enfim, temo pelo futuro da humanidade emboletada, vivendo num vera-fischer-style. nem todo mundo tem esse glamour.

3 comentários:

Cuca disse...

Compartilho de sua preocupação. Afinal, a vida não é fácil e nem glamourosa. Já pensou quando os "dopadinhos" descobrirem isso?

Anna Martha disse...

Pois, sou MUITO contra remedinhos para crianças.

Emiliano disse...

Parei de tomar Coca-Cola pra sair na Quem.