coelhos

4.4.06

não tinha nenhuma foto da minha estola de coelho (legítima!) no aniversário-de-gala-surpresa da maíra. então, peguei a estola de dentro da fronha da qual ela saiu umas duas vezes nos últimos dez anos. espichei o bicho em cima da cama, peguei a câmera (do ricardo, graças a deus meu namorado não lê meu blog) e fui fotografá-la para postar para os meus 3,5 leitores.

nisso, alguém me chamou para algo na sala ou na cozinha. foi o que bastou para perder a câmera para todo o sempre. faz meia hora que estou procurando a maldita máquina de fotografia.
não me surpreende. isso me acontece todo o tempo. lembro de estar na quarta série e precisar de uma caneta. comprei e cinco minutos depois, perdi. procurei a caneta por tudo, desisti e comprei outra no mesmo lugar. uma hora depois encontrei a primeira atrás da orelha, juro. vivo perdendo as coisas, os ônibus, a paciência.

enfim, é uma linda estola. quentinha, macia, felpuda, que ganhei de uma pessoa muito querida (não, não é ex. não posso contar quem foi, porque a filha dela me espancaria). minha idéia inicial com este post era perguntar se é extremamente antiecológico usar uma estola de pele de coelho. ok, o bichinho perdeu a vida para esquentar meus ombros em um dia nos últimos 26 anos. no entanto, a expectativa de vida de um coelho é de no máximo 5 anos e a estola já tem bem mais idade. prefiro pensar nela como uma homenagem póstuma.

pô, eu nunca comi carne de coelho, nem de bicho esquisito de espécie alguma, nunca tive pássaros na gaiola (os periquitos eram da minha mãe) e depois que eu vi procurando nemo tenho pena até dos peixes que moram no aquário aqui de casa. eu sou uma boa pessoa, juro.

4 comentários:

Solon disse...

eu já comi coelho. é bom, mas precisa ser bem preparado, porque tem muito pouca carne e muito osso.

quanto à estola, ecologicamente não há problema algum. não estás cometendo nenhum crime ecológico, já que a população de coelhos provavelmente é incentivada pela comercialização de sua carne e pele.

já em termos de "direitos humanos dos animais", aí são outros quinhentos, hehe

belloc disse...

Olhem isso: http://www.strasbourgcurieux.com/fourrure

thielli disse...

Fazendo uma matéria sobre coelhinhos da páscoa (vivos) descobri que eles se reproduzem a cada 20 dias. Portanto, não há problema de extinção e, portanto de novo, acho que não há problema com a estola... abraços!!

Emiliano disse...

Quem não cola não sai da estola.

Tá, tá, vou trabalhar, parei.